CNAD Vence a 5ª Edição do Prémio Nacional de Arquitetura na Categoria “Edifício”

CNAD Vence a 5ª Edição do Prémio Nacional de Arquitetura na Categoria “Edifício”

O projecto Centro Nacional de Arte, Artesanato e Design (CNAD), de autoria de Ramos Castellano Arquitectos, venceu o PNA 2022 na categoria de edifícios. Os vencedores foram conhecidos na Gala da 5ª Edição, que aconteceu no Mercado de Artesanato e Cultura na  Cidade de Tarrafal de Santiago e foi  presidida por S.E Presidente da República, Dr. José Maria Neves.

O concurso que iniciou no dia 26 de Setembro com seu término no dia 24 de outubro do corrente, teve no total 12 candidaturas. Segundo o júri desta edição, Terra e Tuma– “esta obra na verdade embora diversificada engloba apenas um projeto. Atuar em um contexto histórico existente é sempre complexo, desafiador e de enorme responsabilidade, mas esta demanda felizmente encontrou mãos e mentes hábeis, precisas, sensíveis e atentas. O cuidadoso e respeitoso restauro realizado no edifício existente passou a coexistir e dialogar de forma contemporânea com a rua e o espaço público.

O novo edifício, erguido e implantado no pano de fundo existente, uma empena, um fundo de lote, sombreado por um engenhoso sistema de brises compostos por materiais acessíveis e disponíveis, era como se fosse óbvio, a arquitetura encontrou assim um termo a que damos enorme valor e pertinência.

Encontramos na música um momento de enorme importância, a pausa, o silêncio. A implantação deste projeto gerou uma das mais importantes características – se não a que deveríamos estar mais atentos ao vazio. É nele onde tudo acontece. É de realçar que tão importante quanto os edifícios é a praça central que dialoga e complementa a relação entre eles e o conjunto, incluindo a rua. Tanto quanto saber construir deveríamos também saber quando não fazê-lo.

Viva a música, viva a arte, viva a arquitetura, viva a cultura”!

Anterior Tarrafal de Santiago acolhe a 5ª Edição do prémio nacional de arquitetura

Leave Your Comment

REDES SOCIAIS

ACESSO RESTRITO

© 2022 Ordem dos Arquitetos de Cabo Verde. Todos os direitos reservados